equinacea

Esta planta medieval é usada na prevenção e tratamento da maioria das doenças infecciosas, pois possui ação bacteriostática direta.

Sua principal indicação é nos casos de gripes e resfriados, doenças infecciosas generalizadas (virais e bacterianas), alergias e nas imunodeficiências moderadas.

 

Constituintes químicos: acetato de bornil, ácido caféico, ácido chicórico, ácidos graxos, alcamídeos, betaina, borneol, cariofileno, cinarina, echinacina, equinacosídeo, inulina, isotussilagina, resina, polialcanos, polissacarídeos, saccarosídeos, tusselagina. Propriedades medicinais: afrodisíaca, antialérgica, antibiótica, antiinflamatória, antimicrobiana, anti-séptica, estimulante imunológico, depurativa, fortificante, tônico linfático. Indicações: AIDS, câncer, difteria, erisipela, furúnculos, gangrena, hemorróidas, impurezas no sangue, manchas na pele, pele inflamada ou irritada, resfriados, sardas. Parte utilizada: raízes, rizoma.

 

Contra-indicações/cuidados: não indicado na gravidez. Raramente podem ocorrer reações alérgicas. Registro no MS de lei 986 e Resolução 23/00 Anvisa.

:

Depoimentos

A melhor loja de produtos naturais de Aracaju, muita variedade de produtos

Maria Vital